JUKAF

Uma das marcas mais expressivas de Brasília, a Jukaf nasceu em 1983, após MARLI RODRIGUES DE LIMA notar que havia fidelizado diversas clientes enquanto revendia roupas que trazia de São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. A necessidade por peças mais adequadas ao clima e lifestyle brasilienses fez a matriarca se aventurar no mundo das confecções, oferecendo às mulheres da capital federal criações de malha com cortes diferentes e arrojados.

Em seu primeiro ponto físico, localizado na 203 Sul, o número de pessoas interessadas nas criações da marca crescia a galopes, o que motivou a empresária a expandir a etiqueta, batizada em homenagem aos filhos Juliana, Karina e Felipe. A entrada das herdeiras no negócio, anos mais tarde, foi outro divisor de águas na história da Jukaf.

Enquanto Karina passou a se dedicar à administração, se capacitando em fashion business, Juliana optou por buscar no Fashion Institute of Technology, em Nova York, as técnicas para elevar as criações da label. Ela, que acabou alçando voos mais altos e atualmente trabalha no ateliê de Giorgio Armani, na Itália, ainda hoje é a responsável por trazer as tendências mais frescas do cenário europeu às coleções da marca.

Ao passo que as vendas pela internet se tornam fundamentais para os negócios do segmento, a empresa brasiliense trabalha para aumentar sua presença nas vendas on-line. Os investimentos em e-commerce devem permitir que o legado Jukaf chegue à terceira geração da família Lima, algo que não deve demorara acontecer. Recentemente, Sofia, a filha mais velha de Karina, lançou uma coleção para a grife, reconectando-a com a juventude brasiliense.

Fonte: Capital dos Criadores 2021 [organização Sindiveste-DF].

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.